“As mudanças decorrentes da terceira idade” - 03 de outubro de 2011.

 

 

“As mudanças decorrentes da terceira idade”

USF Nova Jerusalém

03 de outubro de 2011.

  

Atividade: Palestra de Educação em Saúde – As mudanças decorrentes da terceira idade

Público alvo: Idosos (Grupo HIPERDIA).

Objetivo:

 Explicar as mudanças decorrentes no organismo na terceira idade;

 Alertar sobre as doenças mais freqüentes na terceira idade;

 Conscientizar os idosos sobre a importância da alimentação adequada, prática de exercícios físicos, envolvimento em atividades diárias e de lazer, e da vacinação na terceira idade;

 Realizar uma dinâmica com frases sobre a terceira idade, para a participação do público-alvo.

Relato da Atividade:

A palestra contou com a presença de doze (12) idosos da USF Nova Jerusalém. A orientação foi feita, pelos acadêmicos de enfermagem e medicina, que compõe a equipe, onde foram discutidas as mudanças decorrentes da terceira idade.

Discorreu-se sobre assuntos diversos de interesse para o público-alvo, como bem estar psicológico, através da aceitação de si mesmo como indivíduo importante na sociedade, bem estar físico com a contribuição de uma alimentação adequada para a idade, prática de exercícios físicos, envolvimento em atividades domésticas, de lazer e também com os familiares. Foi ressaltada a importância da vacinação nas campanhas periódicas nacionais.

No momento da dinâmica, todos os idosos presentes puderam participar, retirando de uma caixinha, frases sobre a terceira idade, diante da qual cada um deu sua opinião, interagindo de forma descontraída com a equipe e com os outros participantes da palestra. Esse foi um momento especial na realização desta atividade.

Considerações finais:

A expectativa de vida tem aumentado consideravelmente e o idoso de hoje vem de um tempo onde valores, crença e a cultura materialista sempre ressaltam a juventude. A valorização do idoso é necessária tendo em vista a importância deste ser humano que tanto contribuiu com a sociedade durante sua vida. Logo, palestras sobre alimentação adequada, prática de atividade física, ambos como medidas preventivas de doenças na terceira idade, bem-estar psicológico são de grande relevância para conscientizá-lo, demonstrando a ele que é possível viver com qualidade nessa faixa etária.

 

REFERÊNCIAS

SANTANA, R. F.; SANTOS, I. Como tornar-se idoso: um modelo de cuidar em enfermagem gerontológica. Texto contexto enfermagem 2005. Abril-Junho; 14(2): 202-12. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v14n2/a07v14n2.pdf. Acesso em: 03 de outubro de 2011.

JOÃO, A. F.;. SAMPAIO, A. A. Z.; SANTIAGO, E.A.; CARDOSO, R. C.; DIAS, R. C. Atividades em grupo – alternativa para minimizar os efeitos do envelhecimento. ISSN 1517-5928. Vol. 8, No 3, 2005. Disponível em: http://revista.unati.uerj.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S151759282005000300007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 03 de outubro de 2011.

BRASIL. Caderno da Atenção Básica. Envelhecimento e saúde da pessoa idosa. Brasília – DF, Ministério da Saúde/Secretaria de Atenção à Saúde, 2006.

 

Coordenadora: Prof. Carla Andréa Avelar Pires

Tutor: Msc. Yuji Magalhães Ikuta.

Preceptora: Rosie Oliveira da Silva

Petianos:

Mayara Márvia Matias Machado (FAMED – Bolsista), Bárbara Alves Ruela de Azevedo (FAENF – Bolsista), Hanne Oldakoski de Oliveira (FAENF – Voluntária), Manoel Jaime Castro Pavão Júnior (FAMED – Voluntário), Orvácio Melo Bezerra (FAMED – Voluntário), Débora Nayara Miranda Sena (FAMED – Voluntária), Eulália Gonçalves Costa (FAENF – Voluntária)

© 2011 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode

http://1.gravatar.com/avatar/1ff4f5df57048afd7c6679baac82227d?s=128&d=identicon&r=G