Terapia Ocupacional muda realidade de crianças com dificuldade de comunicação.

10/03/2014 16:42

Ao longo do seu desenvolvimento, o ser humano criou várias formas de se comunicar e de interagir com seu meio social. Entre elas, estão as possibilidades de comunicação oral, escrita e gestual. A perda ou o não desenvolvimento de uma dessas habilidades acarreta ao indivíduo, criança ou adulto, sérios problemas de convivência e de inserção em ambientes sociais.

Atualmente, estima-se que 1.3% da população apresente alguma dificuldade de comunicação oral. E uma das medidas que atenuam essas dificuldades são os recursos e as estratégias criados pela Comunicação Alternativa e Ampliada (CAA). O projeto de extensão “Comunicação Alternativa e Ampliada - possibilidades de comunicação e de inclusão para crianças com deficiência: Uma atuação do Terapeuta Ocupacional”, sob a coordenação da professora e terapeuta ocupacional Mariane Sarmento, da Universidade Federal do Pará (UFPA), dedica-se à criação de várias formas de comunicação para pacientes com problemas comunicacionais.

O objetivo é construir recursos da comunicação alternativa e ampliada de baixos custos, possibilitando a inclusão social de crianças que foram impedidas de se comunicar por fatores neurológicos, físicos, emocionais e/ou cognitivos. O programa também está vinculado ao Projeto Pedagógico do curso de Terapia Ocupacional da UFPA.

O trabalho teve início em março de 2013, com a seleção e preparação de bolsistas e voluntários envolvidos no projeto. Após a seleção dos pacientes, chega o momento de explicar para o responsável pela criança, normalmente a mãe, a importância do programa e a sua relevância para o processo de comunicação da criança.

Durante o atendimento, as mães não saem do consultório. Os terapeutas aproveitam a oportunidade para reforçar as informações sobre a forma correta de utilização dos recursos da CAA. “Se a criança for estimulada no consultório, mas não reproduzir as atividades ao chagar em casa, não haverá progresso na comunicação”, diz Mariane Sarmento.

 

Reportagem completa: http://www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/leia-tambem/1554-novos-recursos-de-comunicacao-

 

© 2011 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode

http://1.gravatar.com/avatar/1ff4f5df57048afd7c6679baac82227d?s=128&d=identicon&r=G